sábado, 17 de março de 2012

Vaticano anuncia aumento de católicos em 15 milhões em todo o mundo


O número de católicos aumentou 15 milhões em todo o mundo em 2010 face a 2009 para se cifrar em 1,196 mil milhões, graças a aumentos registados em África e na Ásia, anunciou o Vaticano, segundo um comunicado oficial com base no anuário pontifício 2012 no plano geográfico.

A presença dos católicos diminuiu na América Latina (de 28,54 por cento em 2009 na região para 28,34 por cento em 2010), mas o fenómeno foi ainda mais forte na Europa (de 24,05 por cento em 2009 para 23,83 por cento em 2010).                         
Inversamente, os católicos ganharam terreno em África, onde a presença destes passou de 15,15 por cento em 2009 para 15,55 por cento em 2010, e no sudeste asiático, onde passou de uma presença de 10,41 por cento em 2009 para 10,87 por cento em 2010.

Nestes dois últimos anos, a proporção de católicos batizados manteve-se estável à escala mundial em 17,5 por cento, segundo o anuário pontifício apresentado ao papa Bento XVI pelo número dois do Vaticano, monsenhor Tarcisio Bertone e o adjunto deste na Secretaria de Estado, monsenhor Angelo Becciu.

O anuário fornece também uma série de dados sobre o número de bispos, de religiosos, de padres, de estudantes em filosofia religiosa e em teologia em todo o mundo e sobre as 2.996 circunscrições eclesiásticas do planeta.

As estatísticas indicam assim um aumento de 0,77 por cento do número de bispos em 2010, que passaram de 5.065 em 2009 para 5.104 em 2010 e confirmam o aumento de número de padres e religiosos iniciado em 2000.

O número de padres e religiosos aumentou de 410.593 em 2009 para 412.236 em 2010. O número de padres registou um forte acréscimo em 2010 face a 2009 na Ásia (mais 1.695 padres) e em África (mais 761 padres) enquanto diminuiu nitidamente na Europa (menos 905 padres).

Nos últimos cinco anos (2005-2010), o número de estudantes em filosofia ou teologia nos seminários diocesanos ou religiosos aumentou 4 por cento, ao passar de 114.439 pessoas em 2005 para 118.990 em 2010, indica também o anuário pontifício.

Outro dado concreto referente às vocações é de que os seminaristas (futuros padres ou religiosos) estão a diminuir na Europa (menos 10,4 por cento num ano) e nas Américas (menos 1,1 por cento) e a aumentar em África (mais 14,2 por cento), na Ásia (mais 13 por cento) e na Oceânia (mais 12,3 por cento).

Fonte: Catolicismo Romano

0 comentários :