terça-feira, 21 de agosto de 2012

Liturgia Diária - Evangelho, Salmo e Santo do dia

Leitura da Profecia de Ezequiel . (28,1-10)

Ano B – Dia: 21/08/2012
Tu és um homem e não um deus;
mas pensaste ter a mente igual à de um deus.
Leitura da Profecia de Ezequiel 28,1-10

1A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:

2′Filho do homem, dize ao príncipe da cidade de Tiro:
Assim fala o Senhor Deus:
Porque o teu coração se tornou orgulhoso,
tu disseste:
‘Eu sou um deus
e ocupo o trono divino no coração dos mares.
Tu, porém, és um homem e não um deus,
mas pensaste ter a mente igual à de um deus.

3Sim, tu és mais sábio do que Daniel!
Segredo algum te é obscuro.

4Com talento e habilidade adquiriste uma fortuna,
acumulaste ouro e prata em teus tesouros.

5Com grande tino comercial aumentaste tua fortuna,
e com ela teu coração se tornou soberbo.

6Por isso, assim diz o Senhor Deus:
Por teres igualado tua mente à de um deus,

7vou trazer contra ti
os povos mais violentos dos estrangeiros.
Eles puxarão suas espadas contra a tua bela sabedoria
e profanarão o teu esplendor.

8Eles te farão baixar à cova,
e morrerás de morte violenta no coração dos mares.

9Porventura, ousarás dizer:
‘Sou um deus! na presença de teus algozes,
tu que és um homem e não deus,
nas mãos dos que te apunhalam?

10Morrerás da morte dos incircuncisos,
pela mão de estrangeiros,
pois fui eu que falei
- oráculo do Senhor Deus’.

Palavra do Senhor.


Recompensa: cêntuplo e vida eterna – Mt 19,23-30 


Ano B – Dia: 21/08/2012
É mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha,
do que um rico entrar no Reino de Deus.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 19,23-30
 
23Jesus disse aos discípulos:
‘Em verdade vos digo,
dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus.

24E digo ainda:
é mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha,
do que um rico entrar no Reino de Deus.’

25Ouvindo isso,
os discípulos ficaram muito espantados, e perguntaram:
‘Então, quem pode ser salvo?’

26Jesus olhou para eles e disse:
‘Para os homens isso é impossível,
mas para Deus tudo é possível.’

27Pedro tomou a palavra e disse a Jesus:
‘Vê! Nós deixamos tudo e te seguimos.
O que haveremos de receber?’

28Jesus respondeu:
‘Em verdade vos digo, quando o mundo for renovado
e o Filho do Homem se sentar no trono de sua glória,
também vós, que me seguistes,
havereis de sentar-vos em doze tronos,
para julgar as doze tribos de Israel.

29E todo aquele que tiver deixado casas, irmãos, irmãs,
pai, mãe, filhos, campos, por causa do meu nome,
receberá cem vezes mais e terá como herança a vida eterna.

30Muitos que agora são os primeiros, serão os últimos.
E muitos que agora são os últimos, serão os primeiros.

Palavra da Salvação. 


São Pio X 


21 de agosto

Seu nome de batismo era José Melquior Sarto, oriundo de família humilde e numerosa, mas de vida no seguimento de Cristo. Nasceu numa pequena aldeia de Riese, na diocese de Treviso, no norte da Itália, no dia 2 de junho de 1835. Desde cedo, José demonstrava ser muito inteligente e, por causa disso, seus pais fizeram grande esforço para que ele estudasse. Todos os dias, durante quatro anos, o menino caminhava com os pés descalços por quilômetros a fio, tendo no bolso apenas um pedaço de pão para o almoço. E desde criança manifestou sua vontade de ser padre.

Quando seu pai faleceu, sua mãe, Margarida, uma camponesa corajosa e pia, não permitiu que ele abandonasse o caminho escolhido para auxiliar no sustento da casa. Ficou no seminário e, aos vinte e três anos, recebeu a ordenação sacerdotal com mérito nos estudos. Teve uma rápida ascensão dentro da Igreja. Primeiro, foi vice-vigário em uma pequena aldeia, depois vigário de uma importante paróquia, cônego da catedral de Treviso, bispo da diocese de Mântua, cardeal de Veneza e, após a morte do grande papa Leão XIII, foi eleito seu sucessor, com o nome de Pio X, em 1903.

No Vaticano, José Sarto continuou sua vida no rigor da simplicidade, modéstia e pobreza. Surpreendeu o mundo católico quando adotou como lema de seu pontificado “restaurar as coisas em Cristo”. Tal meta traduziu-se em vigilante atenção à vida interna da Igreja. Realizou algumas renovações dentro da Igreja, criando bibliotecas eclesiásticas e efetuando reformas nos seminários. Pelo grande amor que dispensava à música sagrada, renovou-a. Reformou, também, o breviário. Sua intensa devoção à eucaristia permitiu que os fiéis pudessem receber a comunhão diária, autorizando, também, que a primeira comunhão fosse ministrada às crianças a partir dos sete anos de idade. Instituiu o ensino do catecismo em todas as paróquias e para todas as idades, como caminho para recuperar a fé, e impôs-se fortemente contra o modernismo. Outra importante característica de sua personalidade era a bondade suave e radiante que todos notavam e sentiam na sua presença.

Pio X não foi apenas um teólogo. Foi um pastor dedicado e, sobretudo, extremamente devoto, que sentia satisfação em definir-se como “um simples pároco do campo”. Ficou muito amargurado quando previu a Primeira Guerra Mundial e sentiu a impotência de nada poder fazer para que ela não acontecesse. Possuindo o dom da cura, ainda em vida intercedeu em vários milagres. Consta dos relatos que as pessoas doentes que tinham contato com ele se curavam. Discorrendo sobre tal fato, ele mesmo explicava como sendo “o poder das chaves de são Pedro”. Quando alguém o chamava de “padre santo”, ele corrigia sorrindo: “Não se diz santo, mas Sarto”, numa alusão ao seu sobrenome de família.

No dia 20 de agosto de 1914, aos setenta e nove anos, Pio X morreu. O povo, de imediato, passou a venerá-lo como um santo. Mas só em 1954 ele foi oficialmente canonizado.
 
São Pio X,Rogai por nós!


Leitura da Profecia de Ezequiel . (24,15-24)

Ano B – Dia: 20/08/2012
Ezequiel servirá para vós como sinal:
fareis exatamente o que ele fez.
Leitura da Profecia de Ezequiel 24,15-24

15A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:

16′Filho do homem, vou tirar de ti,
por um mal súbito,
o encanto de teus olhos.
Mas não deverás lamentar-te
nem chorar ou derramar lágrimas.

17Geme em silêncio, sem fazer o luto dos mortos.
Põe o turbante na cabeça,
calça as sandálias nos pés,
sem encobrir a barba, nem comer o pão dos enlutados.’

18Eu tinha falado ao povo pela manhã,
e à tarde minha esposa morreu.
Na manhã seguinte, fiz como me foi ordenado.

19Então o povo perguntou-me:
‘Não nos vais explicar o que têm a ver conosco
as coisas que tu fazes?’

20Eu respondi-lhes:
‘A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:

21Fala à casa de Israel: Assim diz o Senhor Deus:
Vou profanar o meu santuário, o objeto do vosso orgulho,
o encanto de vossos olhos,
o alento de vossas vidas.
Os filhos e as filhas que lá deixastes,
tombarão pela espada.

22E fareis assim como eu fiz:
Não cobrireis a barba,
nem comereis o pão dos enlutados,

23levareis o turbante na cabeça, as sandálias nos pés,
sem vos lamentar nem chorar.
Definhareis por causa de vossas próprias culpas,
gemendo uns para os outros.

24Ezequiel servirá para vós como sinal:
Fareis exatamente o que ele fez;
quando isso acontecer,
sabereis que eu sou o Senhor Deus.

Palavra do Senhor.

0 comentários :