quinta-feira, 31 de maio de 2012

Liturgia Diária - Evangelho, Salmo e Santo do dia

São Félix de Nicósia


31 de maio

Félix nasceu em Nicósia, na Itália, em 5 de novembro de 1715, filho de Filipe Amoroso e Carmela Pirro, de origem humilde e analfabeto. Diz o postulador de sua causa de canonização, padre Florio Tessari: “Órfão de pai desde seu nascimento, era proveniente de uma família que conseguia sobreviver com muita dificuldade”.

Vivia próximo ao convento dos frades capuchinhos. Freqüentava a comunidade dos frades e admirava o seu modo de viver. Sempre que visitava o convento, sentia-se fortemente atraído por aquela vida: alegria na austeridade, liberdade na pobreza, penitência, oração, caridade e espírito missionário.

Aos 18 anos de idade, em 1735, bateu à porta do convento, pedindo para ser acolhido como irmão leigo, por ser analfabeto. A resposta foi negativa. Porém insistiu muitas vezes, sem se cansar. Após dez anos de espera, foi acolhido na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos com o nome de irmão Félix de Nicósia. Depois do noviciado e da profissão religiosa, foi destinado a Nicósia, onde permaneceu durante toda a vida, tornando-se, na cidade, uma presença de espiritualidade radicada no meio do povo.

Afirma o padre Florio Tessari: “Analfabeto, mas não de Deus e de seu Espírito, Félix entendeu que o segredo da vida não consiste em indicar, com força, a Deus, a nossa vontade, mas em fazer sempre alegremente a vontade dele. Essa simples descoberta lhe permitiu ver sempre, em tudo e apesar de tudo, Deus e seu amor; particularmente onde é mais difícil identificá-lo. Deixando-se somente invadir e preencher-se de Deus, ia imediatamente ao coração das coisas, à raiz da vida, onde tudo se recompõe na sua originária harmonia. Para fazer isso não precisa muita coisa, não precisa tantas palavras. Basta a essencial sabedoria do coração onde habita, fala e age o Espírito”.

Morreu no dia 31 de maio de 1787. Foi beatificado pelo papa Leão XIII em 12 de fevereiro de 1888 e proclamado santo pelo papa Bento XVI no dia 23 de outubro de 2005.

São Félix de Nicósia, rogai por nós!



Leitura . (Sofonias 3,14-18)

Ano B – Dia: 31/05/2012
Leitura da Profecia de Sofonias 

14Canta de alegria, cidade de Sião; rejubila, povo de Israel! Alegra-te e exulta de todo o coração, cidade de Jerusalém!

15O Senhor revogou a sentença contra ti, afastou teus inimigos; o rei de Israel é o Senhor, ele está no meio de ti, nunca mais temerás o mal.

16Naquele dia, se dirá a Jerusalém: ”Não temas, Sião, não te deixes levar pelo desânimo!

17O Senhor, teu Deus, está no meio de ti, o valente guerreiro que te salva; ele exultará de alegria por ti, movido por amor; exultará por ti, entre louvores,

18como nos dias de festa. Afastarei de ti a desgraça, para que nunca mais te cause humilhação”.

Palavra do Senhor.

Graças a Deus.



Maria visita Isabel . Lc 1,39-56 


Ano B – Dia: 31/05/2012
Como posso merecer que a mãe do meu Senhor venha visitar-me?
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,39-56
 
39Maria partiu para a região montanhosa,
dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judéia.

40Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel.

41Quando Isabel ouviu a saudação de Maria,
a criança pulou no seu ventre
e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.

42Com um grande grito, exclamou:
“Bendita és tu entre as mulheres
e bendito é o fruto do teu ventre!”

43Como posso merecer
que a mãe do meu Senhor me venha visitar?

44Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos,
a criança pulou de alegria no meu ventre.

45Bem-aventurada aquela que acreditou,
porque será cumprido, o que o Senhor lhe prometeu”.

46Maria disse:
“A minha alma engrandece o Senhor,

47e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador,

48pois, ele viu a pequenez de sua serva,
eis que agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

49O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!

50Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam.

51Demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos.

52Derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou.

53De bens saciou os famintos
despediu, sem nada, os ricos.

54Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

55como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre”.

56Maria ficou três meses com Isabel;
depois voltou para casa.

Palavra da Salvação.



O Santo de Israel é grande entre vós . Is 12

Ano B – Dia: 31/05/2012
Is 12,2-3.4bcd.5-6 (R.6b)
R. O Santo de Israel é grande entre vós.
2 Eis o Deus, meu Salvador, eu confio e nada temo;
o Senhor é minha força, meu louvor e salvação.
3 Com alegria bebereis do manancial da salvação.

R. O Santo de Israel é grande entre vós.

4b e direis naquele dia: “Dai louvores ao Senhor,
4c invocai seu santo nome, anunciai suas maravilhas,
4d entre os povos proclamai que seu nome é o mais sublime.

R. O Santo de Israel é grande entre vós.

5 Louvai cantando ao nosso Deus, que fez prodígios e portentos,
publicai em toda a terra suas grandes maravilhas!
6 Exultai cantando alegres, habitantes de Sião,
porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel!”

R. O Santo de Israel é grande entre vós.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espirito Santo, como era no principio , agora e sempre . Amém!

0 comentários :