terça-feira, 24 de julho de 2012

Liturgia Diária - Evangelho, Salmo e Santo do dia

Santa Cristina


24 de julho

A arqueologia não serve apenas para descobrir os dinossauros enterrados pelo mundo. Ela também pode confirmar a existência dos santos mártires que marcaram sua trajetória na história pela fé em Deus. Foi o que aconteceu com santa Cristina, que teve sua tradição comprovada somente no século XIX, com as descobertas científicas desses pesquisadores.

Segundo os mosaicos descobertos na igreja de Santo Apolinário, em Ravena, construída no século VI, Cristina era realmente uma das virgens cristãs mártires das antigas perseguições. E portanto, já naquele século, venerada como santa, como se pôde observar pela descoberta de sua sepultura, que também possibilitou o aparecimento de um cemitério subterrâneo, que estava oculto ao lado.

A arte também compareceu para corroborar seu testemunho através dos tempos. O martírio da jovem virgem Cristina foi representado pelas mãos de famosos pintores, como João Della Robbias, Lucas Signorelli, Paulo Veronese e Lucas Cranach, entre outros. Além dos textos escritos em latim e grego que relatam seu suplício e morte, que só discordam quanto à cidade de sua origem.

Os registros gregos mostram como sua terra natal Tiro, enquanto os latinos citam Bolsena, na Toscana, Itália. Esses relatos do antigo povo cristão contam que o pai de Cristina, Urbano, era pagão e um oficial do Império Romano, que, ao saber da conversão da filha, queria obrigá-la a renunciar ao cristianismo. Por isso decidiu trancar a filha numa torre na companhia de doze servas pagãs. Para mostrar que não abdicava da fé em Cristo, Cristina despedaçou as estátuas dos deuses pagãos existentes na torre e jogou, janela abaixo, as jóias que as adornavam, para que os pobres pudessem pegá-las. Quando tomou conhecimento do feito, Urbano mandou chicoteá-la e prendê-la num cárcere. Nem assim conseguiu a rendição da filha, por isso a entregou aos juízes.

Cristina foi torturada terrivelmente e depois jogada numa cela, onde três anjos celestes limparam e curaram suas feridas. Como solução final, o governante pagão mandou que lhe amarrassem uma pedra ao pescoço e a jogassem num lago. Novamente, anjos intervieram: sustentaram a pedra, que ficou boiando na superfície da água, e levaram a jovem até a margem do lago.

As torturas continuaram, mesmo depois de seu pai ser castigado por Deus e morrer de forma terrível. Cristina ainda foi novamente flagelada, depois amarrada a uma grade de ferro quente e colocada numa fornalha superaquecida, mordida por cobras venenosas e teve os seios cortados, antes de, finalmente, ser morta com duas lanças transpassando seu corpo virgem. Assim o seu martírio foi divulgado pelo povo cristão desde 23 de julho de 287, data de sua morte. A festa de Santa Cristina foi confirmada e mantida pela Igreja neste dia.

Santa Cristina, rogai por nós!


A mãe e os irmãos de Jesus . Mt 12,46-50


Ano B – Dia: 24/07/2012
E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse:
‘Eis minha mãe e meus irmãos.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 12,46-50
 
46Enquanto Jesus estava falando às multidões,
sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora,
procurando falar com ele.

47Alguém disse a Jesus:
‘Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora,
e querem falar contigo.’

48Jesus perguntou àquele que tinha falado:
‘Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?’

49E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse:
‘Eis minha mãe e meus irmãos.

50Pois todo aquele que faz a vontade do meu Pai,
que está nos céus,
esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.’

Palavra da Salvação. 


Leitura . (Miquéias 7,14-15.18-20)

Ano B – Dia: 24/07/2012
Leitura da Profecia de Miquéias 

14Apascenta o teu povo com o cajado da autoridade, o rebanho de tua propriedade, os habitantes dispersos pela mata e pelos campos cultivados;

15E, como foi nos dias em que nos fizeste sair do Egito, faze-nos ver novos prodígios.

18Qual Deus existe, como tu, que apagas a iniqüidade e esqueces o pecado daqueles que são resto de tua propriedade? - Ele não guarda rancor para sempre, o que ama é a misericórdia.

19Voltará a compadecer-se de nós, esquecerá nossas iniqüidades e lançará ao fundo do mar todos os nossos pecados.

20Tu manterás fidelidade a Jacó e terás compaixão de Abraão, como juraste a nossos pais, desde tempos remotos.

Palavra do Senhor.
 Graças a Deus.


Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade . Sl 84

Ano B – Dia: 24/07/2012
Sl 84,2-4. 5-6. 7-8 (R.8a)
R. Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade.
2 Favorecestes, ó Senhor, a vossa terra,
libertastes os cativos de Jacó.
3 Perdoastes o pecado ao vosso povo,
encobristes toda a falta cometida;
4 retirastes a ameaça que fizestes,
acalmastes o furor de vossa ira.

R. Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade.

5 Renovai-nos, nosso Deus e Salvador,
esquecei a vossa mágoa contra nós!
6 Ficareis eternamente irritado?
Guardareis a vossa ira pelos séculos?

R. Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade.

7 Não vireis restituir a nossa vida,
para que em vós se rejubile o vosso povo?
8 Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade,
concedei-nos também vossa salvação!

R. Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espirito Santo, como era no principio, agora e sempre . Amém!

0 comentários :