quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Liturgia Diária - Evangelho, Salmo e Santo do dia

Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido! Sl 50

Ano C – Dia: 20/02/2013
Sl 50, 3-4, 12-13. 18-19
R. Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!
3 Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia!
Na imensidão de vosso amor, purificai-me!
4 Lavai-me todo inteiro do pecado,
e apagai completamente a minha culpa!

R. Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!

12 Criai em mim um coração que seja puro,
dai-me de novo um espírito decidido.
13 Ó Senhor, não me afasteis de vossa face,
nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!

R. Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!

18 Pois não são de vosso agrado os sacrifícios,
e, se oferto um holocausto, o rejeitais.
19 Meu sacrifício é minha alma penitente,
não desprezeis um coração arrependido!

R. Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espirito Santo, como era no principio, agora e sempre. Amém!


Jesus é o grande sinal – Lc 11,29-32 

Ano C – Dia: 20/02/2013
Nenhum sinal será dado a esta geração
a não ser o sinal de Jonas.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11,29-32
 
29 Quando as multidões se reuniram em grande quantidade,
Jesus começou a dizer:
‘Esta geração é uma geração má.
Ela busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado,
a não ser o sinal de Jonas.

30 Com efeito, assim como Jonas
foi um sinal para os ninivitas,
assim também será o Filho do Homem para esta geração.

31 No dia do julgamento,
a rainha do Sul se levantará
juntamente com os homens desta geração,
e os condenará.
Porque ela veio de uma terra distante
para ouvir a sabedoria de Salomão.
E aqui está quem é maior do que Salomão.

32 No dia do julgamento, os ninivitas
se levantarão juntamente com esta geração e a condenarão.
Porque eles se converteram
quando ouviram a pregação de Jonas.
E aqui está quem é maior do que Jonas.’

Palavra da Salvação.


Santo Euquério
  
20 de fevereiro

O bispo francês Euquério foi um grande defensor da Igreja em seu tempo. Defensor não só de seus conceitos e dogmas, mas também dos seus bens, que tanto atraíam os poderosos.

Euquério nasceu em Órleans, na França, e recebeu disciplina e educação cristã desde o berço. Assim que a idade o permitiu, entrou para o mosteiro de Lumièges, às margens do rio Sena. Seus sete anos de atuação ali foram marcados pela autopenitência que, de tão severa, chegava a lembrar os monges eremitas do Oriente. Esse período fez dele o candidato natural à sucessão do bispo de sua cidade natal. Humilde, Euquério tentou recusar, mas foram tantos os pedidos de seus irmãos de hábito e do povo em geral, que acabou aceitando.

Seu bispado foi marcado pelo respeito às tradições e à disciplina. Euquério chegou a enfrentar o rei francês Carlos Martel, que pretendia se apossar de bens da Igreja, dirigindo-lhe censuras graves, como faria a qualquer outra ovelha de seu rebanho, se fosse necessário. O rei, apesar de precisar dos bens para aumentar as finanças e continuar a guerra contra os sarracenos muçulmanos, deixou de lado sua intenção. Entretanto, tramou a transferência do bispo, para afastá-lo de sua querida cidade de Órleans.

Euquério foi transferido para Colônia, na Alemanha, aonde também conquistou o respeito e o carinho do povo e do clero. Então o vingativo rei conseguiu que fosse mandado para mais longe, Liège. Ele viveu seis anos no exílio e passou seus últimos dias no convento de São Trondom. O bispo Euquério morreu no dia 20 de fevereiro de 738 e suas relíquias permaneceram guardadas na igreja desse convento, na diocese de Mastrichiti. O seu culto se perpetua pela devoção dos fiéis tanto na França, quanto na Alemanha e em todo o mundo cristão. Sua festa litúrgica se dá no dia de sua morte.

Santo Euquério, rogai por nós!

Leitura da Profecia de Jonas . (3,1-10)

Ano C – Dia: 20/02/2013
1ª Leitura – Jn 3,1-10
Os ninivitas se afastavam do mau caminho.
Leitura da Profecia de Jonas 3,1-10

1 A palavra do Senhor foi dirigida a Jonas,
pela segunda vez:

2 ‘Levanta-te
e põe-te a caminho da grande cidade de Nínive
e anuncia-lhe a mensagem que eu te vou confiar’.

3 Jonas pôs-se a caminho de Nínive,
conforme a ordem do Senhor.
Ora, Nínive era uma cidade muito grande;
eram necessários três dias para ser atravessada.

4 Jonas entrou na cidade,
percorrendo o caminho de um dia;
pregava ao povo, dizendo:
‘Ainda quarenta dias, e Nínive será destruída.’

5 Os ninivitas acreditaram em Deus;
aceitaram fazer jejum, e vestiram sacos,
desde o superior ao inferior.

6 A pregação chegara aos ouvidos do rei de Nínive;
ele levantou-se do trono e pôs de lado o manto real,
vestiu-se de saco e sentou-se em cima de cinza.

7 Em seguida, fez proclamar, em Nínive,
como decreto do rei e dos príncipes:
‘Homens e animais bovinos e ovinos
não provarão nada!
Não comerão e não beberão água.

8 Homens e animais se cobrirão de sacos,
e os homens rezarão a Deus com força;
cada um deve afastar-se do mau caminho
e de suas práticas perversas.

9 Deus talvez volte atrás,
para perdoar-nos e aplacar sua ira,
e assim não venhamos a perecer.’

10 Vendo Deus as suas obras de conversão
e que os ninivitas se afastavam do mau caminho,
compadeceu-se e suspendeu o mal,
que tinha ameaçado fazer-lhes, e não o fez.

Palavra do Senhor.

0 comentários :